quinta-feira, junho 05, 2008

19 anos

Há 19 anos eu era bastante jovem mas lembro-me de ver na televisão as reportagens dos massacres em Tiananmen. Nunca me esqueci.

Volvidos 19 anos os chineses com quem abordei o assunto, desconhecem-no, evitam-no, justificam-no. Conheço poucos chineses, sobretudo face ao seu número real, por isso este é um comportamento que não posso generalizar.

Volvidos 19 anos ainda há presos de Tiananmen nas prisões chinesas.

Este ano a catástrofe natural e humanitária que foi o terramoto de Sichuan vitimou 69 000 pessoas (números ainda provisórios). Destes muitos foram crianças, vítimas sob os escombros das escolas que ruiram. É horrível ver os pais destas crianças chorarem os seus filhos. Filhos que perderam também por causa da corrupção das autoridades que pecaram por falta de cumprimento das regras de construção em zonas de actividade sísmica e por falta de fiscalização.

O governo chinês enviou recentemente directrizes aos media da China continental para não mencionarem os movimentos de protesto pela má construção das escolas. Será verdade? Em todo o caso deixei de encontrar notícias sobre o assunto.

Admiro muito quem ergue a voz e não desiste naquele país. Têm uma coragem e determinação que nunca tive de ter. Nem sei se teria...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home