quinta-feira, junho 30, 2011

Orgãos de desinformação social

É assim que deviam chamar-se os nossos jornais e telejornais. Tendo em conta o que vou lendo sobre a proposta da Comissão europeia de criar um novo imposto, fica aqui uma explicaçãozinha simples de Ana Gomes no Causa Nossa:

"Quem deve pagar a crise?

A SIC NOTÍCIAS noticiava ontem que a Comissão Europeia propõe um novo imposto europeu sobre "transações entre os 27 Estados Membros".
Mas esquece-se de acrescentar uma palavrinha fundamental: "financeiras".'.
Sim, porque é de cobrar impostos sobre as transações financeiras que estamos a falar. De fazer os bancos, seguradoras, "hedge funds" e outros fundos, com mais ou menos fundo, e todos os que ganham dinheiro à conta de terem dinheiro, pagar uma percentagem ínfima do que ganham para ajudar a UE a ajudar os Estados que mais precisam - como Portugal - a recuperar da crise, relançando o crescimento económico e gerando emprego.
Trata-se de uma proposta há muito apoiada no Parlamento Europeu e em particular pela família socialista.
É deprimente ver a SIC NOTÍCIAS e outros media portugueses embarcarem imediatamente numa campanha para indispor os cidadãos contra a Europa, sugerindo que a proposta da Comissão vai sobrecarregá-los com mais um imposto, em tempos de tão dura crise.
Porque não é nada disso, muito pelo contrário.
Trata-se de fazer pagar pela crise os seus principais causadores.
"
Os jornais desinformam e curiosamente a favor dos interesses financeiros, dando a sensação que se indignam pelos cidadãos...haja desfaçatez!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home