segunda-feira, abril 04, 2011

Técnicas de reprogramação

Ouvi a entrevista a Sócrates e agora passa na RTP uma reunião de jornalistas que comenta a dita entrevista. Maria João Avillez e Serra Lopes (não foi julgada pelo boato do Freeport?!) afiançam que já chega de Sócrates a vitimizar-se. E eu, humilde cidadã peço-lhes que já chega de diabolizá-lo. Provavelmente uma coisa existe graças à outra , não?! Como a treta da arrogância do PM, autoritarismo e tal. Não são maiores que a arrogância de partidos que também não cedem e insultam sem pensar duas vezes, e chamar-lhe autoritário quando não há bicho careta que não lhe chame tudo em qualquer pasquim, por favor.

Mas isso não é o mais importante, o mais importante não é nada disto, é injectar a doutrina deles nas nossas cabecinhas, perceber toda a malvadez, hipocrisia e demagogia do PM. Eles não são eleitos, mas eles é que sabem, eles é que sabem quem querem a governar o país e tudo farão para decidirem.

Tenho de esquecer o que sei do funcionamento da UE, do euro, da zona euro. O Mecanismo de Estabilização do Euro que estava prestes a ser aprovado na última cimeira não ia ter uma notação triplo A, não. Não ia permitir taxas de juro no máximo de 5% a quem a ela recorresse, não. Não estava desde já aberta a Portugal com as medidas do PEC IV que foram aprovadas pela Comissão, BCE e estados-membros da zona euro, não. A sua aprovação não seria a tentativa até agora mais credível de por termo à especulção sobre as dívidas dos países da zona euro, e sobre o próprio euro, não. E o facto de Portugal resistir ao FEEF+FMI não significa que contitui um obstáculo ao ataque da próxima vítima - Espanha. Não, nada disto afecta o euro em si, claro que não. Não nada disto aconteceu.

O culpado de tudo e mais um par de botas é o Sócrates. E ele que se cale que já estamos fartos que se vitimize e ainda se permite criticar o PSD por não ter apresentado um grama de programa. Autoritário e arrogante!


Eu , humilde cidadã comum também gostava de saber qual é o programa do PSD, desculpem lá a desfaçatez.


Náuseas...

3 Comments:

Blogger Miguel Carvalho said...

Então, o programa do PSD é fácil:

Diminuir a despesa em vez de aumentar a receita, através do aumento das pensões e do aumento do IVA.
Esclarecida?

terça-feira, abril 05, 2011 1:19:00 da tarde  
Blogger António P. said...

Gabo-lhe a paciência, Sofia, de ainda ouvir debates com fazedores de opinião encartados :)
Eu já não tenho paciência.
A náusea vem só de saber que vai haver o "debate".
Cumprimentos

terça-feira, abril 05, 2011 3:27:00 da tarde  
Blogger Sofia C. said...

Miguel Carvalho,

Esclarecida sim e obrigada :) Bem sei que assim é, ainda assim, em democracia é inaceitável que um partido candidato a eleiçiões não assuma frontalmente e inequivocamente o seu programa, pelo menos parte. O pouco que vai dizendo é logo desmentido e matizado. Não se comprometem com nada.

António P. ,

Tem toda a razão, estou em Portugal e acabo por ver, mas de facto já me arrependi. Cumprimentos :)

terça-feira, abril 05, 2011 3:39:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home