quarta-feira, novembro 03, 2010

Vale a pena ler

"O cartel da opinião económica e a retórica barata" de Sandro Mendonça no Jornal de Negócios de hoje.


Uma passagem:

" Muitos problemas competitivos da economia portuguesa resultam de estrangulamentos ao nível das unidades produtivas. Sugiro, portanto, uns temas-desafio para esse putativo "Livro Branco". (i) Concursos internacionais para a gestão de topo das sociedades listadas no PSI-20 para que se reduza o número de cargos cimeiros determinados por heranças familiares, como o BES, ou políticas, como no caso da EDP. (ii) Contribuir para a equidade fiscal e competitividade de custos ao taxar-se pesadamente "fringe benefits", tais como despesas de representação e viaturas atribuídas a dirigentes. (iii) Um código de boas práticas que corrija a virtual ausência de mulheres em conselhos de administração, tirando Portugal do último lugar do "ranking" europeu nesta matéria, como agora veio demonstrar um estudo da consultora Egon Zehnder International. (iv) Regular o número de funções não-executivas em diferentes empresas pelos mesmos indivíduos, muitas vezes sem experiência profissional reconhecida no sector.

As incapacidades da nossa economia são mais gerais do que é frequente admitir. É necessário mais debate efectivo, e não uma correria a lugares comuns. Por muito desconforto que as propostas acima provoquem à cúpula do PSD (homens com assento em várias empresas oligopolísticas), há sérios desafios e graves conflitos de interesse por resolver no mundo empresarial. É necessária mais ética republicana na vida política, é certo. O mesmo se passa na vida económica. "

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home