terça-feira, novembro 02, 2010

Tentar perceber II



Já aqui referi esta origem do problema em posts meus, assim como no excelente post de João Pinto e Castro "A austeridade é o tributo que pagamos a Wall Street" que mencionei aqui. Por motivos eleitorais e ideológicos a crise finaceira de há 2 anos é agora apresentada nos media como algo dum passado distante, o défice devido ao pagamento de somas avultadas de dinheiro dos contribuintes para salvar bancos é varrido para debaixo do tapete. Sendo já impossível dizer que a crise é só portuguesa (pelo menos essa idiotice vai desaparecendo) convém veicular a ideia de que em Portugal o pior se deve a factores internos...ficando por explicar a desgraça em que anda a Irlanda, Reino Unido, Espanha, Grécia, Bélgica...todos eles seguramente com factores internos que vieram agravar a situação.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home