quarta-feira, junho 24, 2009

A mim parece-me óbvio

"Quando eu convido alguém para uma entrevista devo-lhe respeito, mesmo que não concorde com o pensamento da pessoa. Não faço juízos de valor. É fácil emitir as nossas opiniões, mas isso é uma "cafagestada". Eu acredito que a televisão forma opinião, por isso não acho justo concluir pelos telespectadores. Isso não me impede de colocar perguntas difíceis, mas quem vai tirar conclusões é quem me vê e não eu. Não é esse o meu papel."
Passagem da entrevista da jornalista e actriz brasileira Marília Gabriela ao DN de hoje. O sublinhado é meu. Para ler o resto da entrevista clicar aqui.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home