quarta-feira, janeiro 21, 2009

E de repente ocorreu-me isto

Numa época em que é frequente ouvir falar/especular sobre o princípio do fim dos EUA como potência mundial, paradoxalmente Obama foi eleito e seguido no mundo inteiro como presidente de todos nós. Certo, primeiro e oficialmente dos americanos, mas depois de todos nós. Nunca senti tanta consciência de que a escolha daquele posto decidiria o futuro dum país e de todos os países. Verdade ou não, em quase todos os países havia pessoas que gostariam de poder votar nas últimas eleições presidenciais norte-americanas pela incidência que essa escolha teria nas suas realidades. Até se fizeram sondagens nesse sentido.
No dia das eleições houve manifestações de alegria dos EUA , passando pela Europa, África até ao Japão. Hoje em Washington, nos milhões de pessoas havia nacionais de outros países que não quiseram perder pitada.
Não será oficialmente o nosso presidente, mas o Presidente eleito no mundo que mais poderá influenciar as relações entre países e respectivas situações económicas.
Sr. Presidente, parabéns! E votos de muito bom trabalho.

2 Comments:

Blogger ma grande folle de soeur said...

A mim só me ocorre uma piada foleira nas horas:" Só espero q o Barack n dê Barraca!"... ;)

quarta-feira, janeiro 21, 2009 1:38:00 da tarde  
Blogger oscar carvalho said...

E mesmo que não consiga cumprir as expectativas criadas, agradecemos a esperança. Se os cínicos não valorizam o sonho, o mal é deles.

quarta-feira, janeiro 21, 2009 6:44:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home