segunda-feira, julho 28, 2008

De regresso...

...a Bruxelas sinto-me outra depois duma simples semaninha em Portugal. Aquele ar do mar, aquela comidinha revigora qualquer um. De manhã foram passeios pela praia de São Martinho, seguidos de jogging e depois mergulho no mar. Enquanto corria pela areia, manhã cedinho , via a miudagem dos campos de férias em alegre algazarra a correr para o mar, a brincar. Os grupos eram muitos e todas as manhãs lá encontrei vários. "Tal e qual como no nosso tempo" dizia uma tia minha ironicamente, "também nos traziam a todos à praia a brincar todos os dias, ainda dizem que as coisas estão pior...". Pois é. Com os relatos lidos nos jornais antes de ir, até podia esperar um país em estado de sítio, silvos de balas a cada dois minutos, classes médias maciçamente na rua a pedir, enfim, o caos resumindo. Poderia ter pensado isso mas não pensei, já sei o que a casa gasta.
De volta a Bruxelas o bicho do mato que há em mim compraz-se na cidade quase vazia. Conduz-se mais calmamente, o ritmo de vida abrandou e no entanto chego mais cedo a todo o lado. Pelos vistos tive sorte, o mau tempo da semana passada deu lugar a um calor húmido, muito bruxelense também, que me evitou um choque térmico à chegada. Também gosto de voltar à minha casa, ao meu ninho no plat pays. E confirmo, ontem a Bélgica ainda existia e hoje também. Nos tempos que correm convém ir confirmando a coisa a intervalos regulares.

4 Comments:

Anonymous RN said...

Oh S. Martinho! Que saudaddes. Era a minha praia de infância. Há que séculos lá não vou e afinal aqui tão perto.
A sangueira que por aí vai nos jornais!... mas vida é um pouco diferente porque a vida não necessita de vender propaganda comercial e por isso não necessita de atrair as atenções a todo o custo. Fiz agora mesmo um post exactamente sobre isso. Bom trabalho aí pela capital da União.

terça-feira, julho 29, 2008 1:32:00 da manhã  
Blogger Pitucha said...

Bem regressada. Hoje Bruxelas (capital de um país que, por enquanto, ainda existe) acordou cinzenta para tu não estranhares.
Beijos

terça-feira, julho 29, 2008 8:27:00 da manhã  
Blogger S said...

Raimundo,

Obrigada. Se puder dê um salto a São Martinho, vale a pena. Recuperaram as dunas, há uma ciclovia e "passadeiras" em madeira sobre as areias. Boas férias, Sofia

Pitucha,

Nem mais, eu estava a achar isto muito estranho. Passou-me logo a estranheza ;-) beijos, Sofia

terça-feira, julho 29, 2008 11:23:00 da manhã  
Blogger ma grande folle de soeur said...

Sofia, obrigada pela tua visita. Ainda hoje te andei a ler... que boa coincidência. Abraço

terça-feira, julho 29, 2008 10:51:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home